Translate

22 de novembro de 2012

Viver a vida

Quero viver a vida intensamente. Aceitar cada circunstância, boa ou má. Das más tirar partido e
as boas desfrutar. Não quero desperdiçar nenhum momento: todos fazem parte de mim, pois formam o meu carácter.

Seja na festividade ou na adversidade do meu percurso, não irei ceder, nem alucinar ao ponto de viver na irrealidade. Não quero perder as rédeas!

Quero sentir a vida em mim, ser consciente da minha própria existência. Dona do meu próprio nariz.