Translate

4 de novembro de 2012

Brincar a Rimar

Quadras que rimam
São sempre Belas
Como o sol de dia
E flores nas Janelas

Rima o mar
Com a Areia
E o canto
Da Sereia

O gato
Ao Luar
E um cão
A ladrar

Quero rimar
O Amor
Mas só me ocorre
A palavra Dor

Precariedade
E Vaidade
Só rimam
Até a uma certa Idade.

E agora as rimas
Vou Terminar
Pois as palavras
Já me estão a Escoar.

Sei que isto
Foi uma Insensatez
Mas por favor perdoem-me
A minha Estupidez.
Sóninha Santos
Sónia Fernandes Santos